Efe Godoy

No mesmo tempo que crescem as

plantas e todas as coisas

Efe Godoy, que estreia a série com a exposição “No mesmo tempo que crescem as plantas e todas as coisas”. Natural de Sete Lagoas, o artista mineiro traz 200 ilustrações que brincam com a relação homem e natureza, em traços leves, lúdicos e que despertam a curiosidade do público. Além das imagens, Efe Godoy prepara performances e encontro com o público ao longo da mostra, que fica em cartaz de 12 de julho a 4 de setembro. Eduardo de Jesus é quem assina a curadoria da série de Exposições Jovens Artistas Mineiros. A entrada é gratuita. O Memorial Minas Gerais Vale fica na Praça da Liberdade, 640 – Funcionários, esquina com Rua Gonçalves Dias.

 

Multiartista e pesquisador de flora e fauna das cidades, Efe Godoy reflete, nesta exposição, como seria se as dimensões do tempo se encontrassem e uma nova história fosse criada com uma narrativa que se desloca levemente para construir outras formas orgânicas entre humanos, animais e vegetais. Nesse sentido, o traço inacabado de Godoy, a proposital força do rascunho e o papel rasgado produzem uma estranha delicadeza nos desenhos sempre sutilmente perturbadores para avisar, de forma quase distraída, que o tempo, inevitavelmente, passa.

 

Já neste mês de julho, dia 16/7, Efe Godoy realizada a performance Engulo Histórias, aberta gratuitamente ao público às 10h30. Uma nova performance será apresentada no mesmo horário, em 20 de agosto, seguida de bate-papo às 11h30.

1/2