Luiza Nobel

Tipologia das multidões

As performances, poéticas e vestígios dos arquivos, as acumulações de imagens e objetos selecionados de diversos suportes como livros, coleções de revistas e jornais assim como fragmentos de fotografias e imagens impressas desgastadas integram as obras que Luiza Nobel apresenta em Tipologia das multidões.

São diversos temas que organizam as obras em uma trama delicada que se constrói tomando de um lado as múltiplas formas de aproximação entre imagens, apropriações e invenções e, de outro os regimes temporais que formam um sistema discursivo atravessando o passado e dando força a toda ordem de articulações subjetivas em diálogo com o tempo presente e a contemporaneidade. 

1/2